Institucional 04.08.2022

BP Bunge renova Certificado Energia Verde

Selo é concedido para usinas produtoras de bioeletricidade que cumprem requisitos de geração renovável e eficiência energética

por BP Bunge


As usinas da BP Bunge Bioenergia tiveram o Certificado Energia Verde renovado este mês pela UNICA, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar, por meio do Programa de Certificação da Bioeletricidade.O selo é um reconhecimento à produção de energia elétrica a partir da biomassa da cana-de-açúcar.

A geração de energia sustentável tem se mostrado uma alternativa importante para a diversificação da matriz energética, ressalta Mario Lindenhayn, presidente-executivo e do Conselho de Administração da BP Bunge Bioenergia. “O processo de transição energética em curso requer soluções voltadas à descarbonização da economia. A busca por fontes renováveis e de baixa pegada de carbono é estratégica para atender a demanda por um consumo responsável”

Levantamento da Cogen – Associação da Indústria de Cogeração de Energia, com dados da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica, aponta que a capacidade instalada de energia elétrica a partir da biomassa de cana-de-açúcar atingiu 12 mil MW em junho, superior à usina hidrelétrica Belo Monte (11.233 MW). A fonte se tornou a quarta mais importante na matriz elétrica brasileira, atrás da hídrica, fóssil e eólica.

Neste cenário de um futuro com mais energia limpa e processos produtivos sustentáveis está a BP Bunge Bioenergia, uma das maiores processadoras de cana-de-açúcar do Brasil, cujo valor é ser referência mundial em energia sustentável. Com 11 unidades industriais em cinco estados, a empresa tem capacidade de exportar 1.4 mil GWh de bioeletricidade ao SIN – Sistema Interligado Nacional –, além de produzir 1,7 bilhão de litros de etanol, outra fonte importante de transição energética.

O Certificado Energia Verde é concedido para usinas produtoras de bioeletricidade que cumprem requisitos de geração renovável e de eficiência energética. O selo é uma das iniciativas do Programa de Certificação da Bioeletricidade idealizado em 2015 pela UNICA, em parceria com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e apoio da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (ABRACEEL).

Categorias

  • Institucional
  • Slider de Destaques